Vanguardas Artísticas

Movimentos Vanguardistas

Em termos gerais são movimentos que propoem uma nova visão de arte. Mas é  principalmente associada à arte criada no início do século XX. Eram as vanguardas europeias com a intenção de fugir dos padrões da arte acadêmica.

Abstracionismo

É a retratação artística de algo sem que haja uma forma definida ou uma realidade concreta, a supressão da realidade e da perspectiva, pela simplificação das formas e pela representação figurativa das coisas. Não se busca a simples retratação da natureza concreta, mas sim, a criação de uma linguagem visual, dotada de suas próprias interpretações.

Fauvismo

Os Fauvistas foram a primeira ruptura dos Impressionistas. Representavam a natureza de forma espontânea, intensa e com cores vibrantes. O termo Fauve = fera, foi cunhado pelo crítico de arte Louis Vauxcelles quando seus trabalhos foram expostos no Salon d’automne em Paris em 1905, devido ao uso de cores fortes e intensas.

Futurismo

O futurismo coloca-se contra o “passadismo” burguês e o tradicionalismo cultural. A exaltação da máquina e da “beleza da velocidade”, associada ao elogio da técnica e da ciência, torna-se emblemática da nova atitude estética e política. A pintura futurista usou elementos do Neo Impressionismo e Cubismo para criar suas composições que expressavam a idéia de dinamismo, energia e movimento.

Cubismo

Foi um dos mais influentes estilos artísticos do início do século XX. Cubos, volumes e planos geométricos entre cortados reconstroem formas que se apresentam, simultaneamente, de vários ângulos nas telas. O Cubismo estabeleceu novas relações entre forma e espaço. Rompeu com as técnicas tradicionais de representação da perspectiva, relevo e relações tonais.

Teve duas fases: o cubismo analítico, também chamado de hermético, com preocupação predominante com as pesquisas estruturais, por meio da decomposição dos objetos e do estilhaçamento dos planos, e forte tendência ao monocromatismo.

E o sintético que adiciona elementos heterogêneos – recortes de jornais, pedaços madeira, cartas de baralho, caracteres tipográficos, que são agregados à superfície das telas, dando origem às famosas colagens.

Expressionismo

Expressionismo derivou das experiências Fauvistas de Van Gogh, Matisse e Gaugin. As formas distorcidas e cores intensas refletem sentimentos interiores e as vezes místicos do artista. As figuras deformadas, cores contrastantes e pinceladas vigorosas que rejeitam todo tipo de comedimento; a retomada das artes gráficas, especialmente da xilogravura; o interesse pela arte primitiva. Essa poética encontra sua tradução em motivos retirados do cotidiano, nos quais se observam o acento dramático e algumas obsessões temáticas, por exemplo, o sexo e a morte.

Surrealismo

Movimento criado em Paris pelo poeta francês André Breton na publicação do Manifesto Surrealista. Foi influenciado pelos estudos de Sigmund Freud, o fundador da psicanálise. Segundo Breton trata-se de resolver a contradição até agora vigente entre sonho e realidade, pela criação de uma realidade absoluta, uma supra-realidade. Buscaram explorar nas artes o imaginário e os impulsos ocultos da mente, como alternativa as tendências construtivistas e racionais como o Cubismo e alimentado pela busca romântica dos Simbolistase da Pintura Metafísica e também decorrente do caráter dessacralizador do Dadaísmo.

Escolhemos como exemplo de uma coleção inspirada nas vanguardas artísticas, a coleção masculina de John Galiano Spring 2013.

Ela foi inspirada no artista do surrealismo Salvador Dali.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s